Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Junho, 2009

Certificação SNT-TC-1A em Portugal

Este tipo de Programa de Certificação tem sido utilizado em Portugal de forma pouco clara, aproveitando-se da ignorância/confiança depositada por alguns Clientes em Instituições que fazem de tudo para sobreviver não se preocupando com os problemas que poderão estar a causar a quem lhes solicita os serviços.

A Qualend orgulha-se do facto de não possuir nem ter nos seus horizontes pôr em funcionamento um sistema de certificação deste tipo. Já fomos prejudicados por causa disso. Por outro lado a Fiscalização em Portugal não tem capacidades para avaliar as situações e muitas das vezes não está para se "chatear".

Não está em causa o sistema montado nas entidades que os utilizam, está sim é a forma como o utilizam não dando a conhecer aos seus Clientes que o sistema não é válido e que por vezes as pessoas a quem atribuem os certificados nem sabem o que estão a fazer. Já presenciei um caso destes, sendo que o mais grave é que os certificados surgiram no próprio dia e que o técnico ne…

Ir192 vs Se75

1. Enquadramento
A utilização de equipamentos de Radiografia Industrial de Selénio 75 em Portugal é, contrariamente aos de Irídio 192, recente e por isso ainda não existe uma consciencialização geral para as vantagens que estes acarretam para trabalhos na área da Qualidade Industrial, sejam eles em Construção ou Manutenção.

2. Análise Irídio 192 vs Selénio 75
Existem vários pontos de vista a serem analisados, desde a sua utilização a questões de segurança, passando pelo campo de aplicação, qualidade do trabalho desenvolvido e apresentado ao cliente e pelo rendimento efectivo retirado de uma fonte.
Vamos somente analisar os seguintes pontos:

1. Comparação das características dos dois isótopos;
2. Campo de aplicação;
3. Relação entre tempos de exposição;
4. Rendimento e decaimento radioactivo:
5. Qualidade de imagem;
6. Segurança contra radiações ionizantes; e
7. Operacionalidade.

2.1. Comparação de características dos dois isótopos
Começamos por destacar o seguinte quadro:


2.2. Campo de Aplicação
O S…

UT vs RT

O ensaio por Ultra-sons é vocacionado para a detecção de defeitos planares, tais como faltas de fusão, fissuras e faltas de penetração. Sendo que a amplitude de resposta é máxima quando a orientação do defeito é favorável. A amplitude do eco reflectido pela indicação é máximo quando esta é perpendicular ao eixe do feixe de ultra-sons. As inclusões alongadas também são fácilmente detectadas. Por sua vez, os defeitos não planares (porosidades, inclusões, etc.) são de dificil detecção quando isolados. Apenas quando se apresentam em grande quantidade é que são facilmente detectáveis pois verifica-se uma elevada dispersão do eco bem como uma grande quantidade de pequenos ecos resultantes das reflexões.

O dimensionamento das indicações é feito através de técnicas estabelecidas em Códigos, Normas e Especificações. A sua avaliação é feita através da comparação da amplitude do eco reflectido pelas indicações com ecos de amplitude pré-estabelecida. Isto é, um operador pode detectar um eco proven…

Nova Sede

Boas caros amigos!!!
A Qualend completa o lustro, isto é, 5 anos de vida.
Vamos dar mais um passo em direcção ao objectivo que traçamos em 2004. A aquisição de uma sede digna do que pensamos ser o futuro da nossa empresa. Este é o espaço que escolhemos para continuar o nosso crescimento que tem sido pensado e sustentado.
A nossa nova morada é: Rua Conselheiro Joaquim António de Aguiar n.º335, 2830-333 Barreiro.