Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

Votos de um 2019 Extraordinário!
Algo que nos obriga a reflectir...

NDT International / BINDT - The Forum discusses the revoking of thousands of PCN certifications
At the beginning of June 2017 BINDT (British Institute of Non-Destructive Testing) published that they have uncovered a very widespread and systemic breach of ethics and serious malpractice in the case of NDT International PTE Ltd.. "It is not possible to discriminate between legitimate certificates and invalid certificates and so all certificates will have to be withdrawn without exception", one can read in their official statement and read further: "BINDT will allow candidates up to two months to retake the full initial examination before their certification is formally withdrawn". The two month deadline was increased on 23 June to six months. BINDT published a list of names of more than 3000 names of affected PCN certifications holders. (PCN=Personnel Certification in Non-Destructive Testing)

In the foll…
Mensagens recentes
A nossa actividade expõe-nos diariamente perante certas situações com as quais temos que saber lidar. Uma delas é o vocabulário técnico. Considerando o tema Radiografia Industrial, qual o termo correcto: Defeito, Imperfeição, Indicação ou Descontinuidade.
Esta "dissertação" serve para clarificar a situação.  Considerem:
- De acordo com as normas EN ISO 5817 e EN ISO 6520-1 temos o termo "Imperfections". Ainda que a primeira seja aplicável apenas à Inspecção Visual, a segunda é geral.
EN ISO 5817 - Welding - Fusion-welded joints in steel, nickel, titanium and other alloys (beam welding excluded) - Quality levels for imperfections EN ISO 6520-1 - Welding and allied processes - Classification of geometric imperfections in metallic materials - Part 1: Fusion Welding
- Na norma EN ISO 10675-1, tabela 2 "Acceptance levels for internal indications in butt welds", 1ª linha, 2ª coluna temos "Type of internal imperfections in accordance with ISO 6520-1". …

Considerações sobre ENDs

Há algumas ideias erradas relativamente aos Ensaios não Destrutivos sobre as quais irei tecer algumas considerações.

Um dos conceitos errados é que os ENDs asseguram que a peça ou soldadura controlada não vai falhar ou funcionar mal. Esta situação não é necessáriamente verdade. Todos os métodos e técnicas ENDs tem as suas limitações. Um ensaio por si só não é suficiente. Na maior parte dos casos, um exame rigoroso requer um mínimo de dois ensaios: um para avaliar a condição interna e outro que seja mais sensível a condições superficiais. É essencial o conhecimento profundo das limitações de cada método ou técnica antes da sua utilização. Adicionalmente, os critérios de aceitação definem os limites de aceitabilidade em termos de tipo e dimensões de descontinuidades, mas se o método não for capaz de distinguir estas condições os Códigos, Normas e especificações tem pouco significado.

Outro mal entendido envolve a natureza e as características da peça ou soldadura a ensaiar. É fundament…

Postura do Inspector e do Cliente perante a Radiografia Industrial

Hoje em dia, e cada vez mais, os ENDs representam a ferramenta principal dos departamentos de QA/QC das Empresas para garantir a qualidade de produto. Isto é, nada avança  e nada é aceite se não existir feedback satisfatório nos ensaios realizados. Isto é real.

No entanto, o papel considerado mais importante, mesmo para o fabricante, é o Inspector. É fundamental manter esta personalidade satisfeita e ocupada...longe dos locais de fabrico...mais especificamente mantê-la entretida com os ensaios não destrutivos, mais especificamente com as radiografias...


Já faço desta arte a minha forma de ganhar a vida à 10 anos e ultimamente tenho visto o número de "Críticos de Cinema" a aumentar exponencialmente enquanto que as pessoas que são e estão qualificadas e certificadas para a Interpretação Radiográfica são marginalizadas e por vezes classificadas de incompetentes. (A designação de Críticos de Cinema advém do facto de se chamarem filmes às películas radiográficas).
O Inspector &qu…

Decreto-Lei 90-2010

Boas ENDnautas de Portugal!
A segunda metade de 2010 está a começar como deve ser. Verifica-se, a nível interno, uma inversão no mercado nacional da metalomecânica, que tem um influência directa no nosso.

Adicionalmente, o lançamento do Decreto-Lei  90-2010 que substitui o 97/2000 vem impor alguma ordem no mercado nacional de Ensaios não Destrutivos. Este decreto refere-se à instalação, funcionamento, reparação e alteração de equipamentos sob pressão (equipamentos, tubagem e tie-ins).
Como destaque vem a seguinte obrigatoriedade:

Todos os ensaios não destrutivos realizados nos equipamentos, tubagem e tie-ins sujeitos à PED (Classe I, II e III) deverão ser executados por entidade acreditada pelo IPAC.Até agora apenas era obrigatória a qualificação EN 473 emitida por terceira parte reconhecida para o efeito, o que nem sempre acontecia (Muitos dos consagrados niveis 3 da praça portuguesa emitem certificados de qualificação sem valor algum, sem proceder a avaliação capacidade da pessoa la…

Ensaio por Partículas Magnéticas ou Magnetoscopia

É um ensaio não destrutivo utilizado para avaliar a conformidade de uma peça ou componente com um Critério de Aceitação de um Código, Norma ou Especificação definido. Resumindo, o seu objectivo é:
Detecção e revelação da natureza das descontinuidades sem danificar o material;Separar materiais considerados aceitáveis dos inaceitáveis.
Recorre-se à indução de campos magnéticos na peça ou componente a ensaiar e a partículas ferromagnéticas extremamente pequenas (através de meio seco ou húmido) para em conjunto detectar imperfeições superficiais e sub-superficiais (até 6mm de profundiddade). As peças ou componentes tem, obrigatoriamente, de ser permeáveis aos campos magnéticos.A Magnetoscopia ou Partículas Magnéticas utiliza as linhas de força com origem no campo magnético para movimentar as particulas que, sempre que no seu caminho encontram uma indicação (um campo de fuga), aglomeram-se me torno dela "desenhando" o seu formato na superfície sujeita ao campo magnético.Existe uma …

Circular I - Contactos

Devido a situações às quais somos alheios, o site da Qualend encontra-se momentâneamente em baixo. Esperamos resolver rápidamente a situação com a entidade responsável pelo domínio.
Como não podemos ficar sem os nossos contactos fora da Internet, por tudo o que ela representa nos meios de informação. Aqui ficam:

Eduardo Pável, Director Geral
Tlm: 919294493
E-Mail: qualend@gmail.com

Vasco Ferreira, Engenheiro Especialista
Tlm: 912326113
E-Mail: vasco.ferreira.qualend@gmail.com

Geral
Tel/Fax: 21 207 0814
Morada: Rua Conselheiro Joaquim António de Aguiar n.º 335, 2830-333 Barreiro